Menu

Esse estudo foi escrito por Dan McClure (Líder de Prática de Design de Inovação da ThoughtWorks) e Ian Gray (Diretor da Gray Dot Catalyst). Esta é a primeira de quatro contribuições sobre o assunto 'Escalando Inovação' enviadas para o tópico 'Transformação através da Inovação' do World Humanitarian Summit. Leia também a segunda e a terceira partes.

Apesar do entusiasmo pelo investimento de pequeno porte na geração de inovações, parece haver uma grande falha na capacidade do setor humanitário de escalar ideias bem sucedidas verticalmente e horizontalmente.

Isso gera uma necessidade de compreender e lidar com os elementos negligenciados do ciclo de vida da inovação entre a conclusão de um programa piloto e o seu escalonamento e otimização para um programa maduro.

Essa é a lacuna intermediária da inovação. É uma questão complexa que precisa de muito mais atenção, considerando que um número cada vez maior de investimentos em programas piloto tem como objetivo crescer e proporcionar ao mundo valor significativo.

Ambos os autores são praticantes efetivos da inovação em um contexto corporativo. Dan tem se dedicado há várias décadas a conduzir inovações com empresas comerciais globais e agências governamentais. Ian possui 15 anos de experiência nos setores humanitário e de desenvolvimento, e tem se envolvido diretamente liderando inovação nas respectivas áreas de desenvolvimento, humanitarismo e política de trabalho.

Aproveitando essa perspectiva "mão na massa" e entrevistas com figuras chave envolvidas com desenvolvimento, gerenciamento e financiamento da inovação no setor humanitário, esse estudo procura proporcionar uma estrutura para refletir sobre o que impede escalar e como evoluir tecnicamente da ideia validada para a adoção em larga escala. Esperamos que isso ajude organizações em suas tentativas de financiar, gerir e executar a jornada da escalada.

Para ler o estudo completo em inglês, baixe o PDF aqui.