menu

A empresa global de tecnologia, ThoughtWorks, anunciou hoje o início de suas operações comerciais em Quito, Equador. Por doze meses, a empresa ficou imersa na comunidade comercial local para conhecer, em primeira mão, a afinidade do país com o desenvolvimento colaborativo.

A economia equatoriana está passando por um período de transformação devido ao governo e empresas privadas trabalharam em conjunto para promover uma rede de oportunidades de software livre para empreendedores, profissionais de TI e a juventude do país. Um dos principais objetivos da ThoughtWorks no país é cultivar os talentos locais e capacitar futuros líderes tecnológicos para aproveitar as práticas e estratégias mais recentes da comunidade digital global. Por se tratar de uma empresa formada por tecnólogos movidos por inúmeras causas, o Equador representa uma oportunidade para a ThoughtWorks colaborar com organizações, ajudando a melhorar a humanidade por meio de software e a promover mudanças positivas.

A inauguração do escritório no Equador faz parte do crescimento continuado da ThoughtWorks na América Latina, que começou com a inauguração de escritórios em todo o Brasil. O primeiro foi inaugurado em Porto Alegre (2009), seguido pelos escritórios de Recife (alguns anos depois) e, mais recentemente, de São Paulo. “Estamos animados com Leslie Jarrin se juntando a nós em nosso mais novo escritório global”, disse Craig Gorsline, presidente e COO da ThoughtWorks. “Leslie tem estado na vanguarda da comunidade de tecnologia do Equador. Ela foi cofundadora da MachangaraSoft Corporation e sua experiência promovendo mudanças para o bem maior está perfeitamente alinhada com a nossa missão”.

“Os escritórios de Quito serão um lar para nossos esforços dedicados a ajudar o mundo a criar novas arquiteturas e soluções para a Internet”, declarou Leslie Jarrin, diretora administrativa da ThoughtWorks Equador. “Nossa equipe está animada para trabalhar em projetos de alto impacto alinhados com as crenças da ThoughtWorks, tais como privacidade, segurança, inovação frugal e software livre”.

View all ThoughtWorks news

More news