Enable javascript in your browser for better experience. Need to know to enable it? Go here.
Atualizado em : Oct 27, 2021
Oct 2021
Experimente ? Vale a pena ir atrás. É importante entender como desenvolver essa capacidade. As empresas devem experimentar esta tecnologia em um projeto que possa lidar com o risco.

Avaliamos Quarkus há dois anos, e agora nossos times já têm mais experiência usando-a. Quarkus é uma stack Java nativa do Kubernetes, adaptada para OpenJDK HotSpot e GraalVM. Nos últimos dois anos, Quarkus conectou as melhores bibliotecas do mundo Java e simplificou a configuração do código, proporcionando a nossos times uma experiência de desenvolvimento muito boa. Quarkus tem um tempo de inicialização muito rápido (dezenas de milissegundos) e um baixo consumo de memória RSS; isso ocorre por causa de sua abordagem de compilação contêiner-primeiro, que usa técnicas de compilação antecipada para fazer injeção de dependência em tempo de compilação e, assim, evita a execução custos de tempo de reflexão. Nossos times também tiveram que lidar com as desvantagens: Quarkus leva quase dez minutos para compilar em nosso pipeline; alguns recursos que dependem de anotações e reflexão (como ORM e serializador) também são limitados. Em parte, essas desvantagens são resultado do uso do GraalVM. Portanto, se sua aplicação não está rodando para FaaS, usar Quarkus com HotSpot também é uma boa escolha.

Nov 2019
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

Quarkus é um framework com foco em contêineres, nativo de nuvem, criado pela Red Hat para aplicações escritas em Java. Tem um tempo de inicialização muito rápido (dezenas de milissegundos) e utiliza pouca memória, o que o torna um bom candidato para FaaS ou frequente escalonamento para cima ou para baixo em um orquestrador de contêiner. Assim como o Micronaut, o Quarkus consegue isso usando técnicas de compilação à frente do tempo para fazer injeção de dependência no momento da compilação e evitar os custos de execução de reflexão. Ele também funciona bem com o Native Image do GraalVM, que reduz ainda mais o tempo de inicialização. O Quarkus suporta tanto modelos imperativos como reativos. Junto com o Micronaut e o Helidon, Quarkus está liderando a nova geração de frameworks Java, que tentam resolver a performance de inicialização e memória sem sacrificar a eficácia de desenvolvimento. Ganhou muita atenção da comunidade e vale a pena observar de perto.

publicado : Nov 20, 2019
Radar

Baixar o Technology Radar Volume 25

English | Español | Português | 中文

Radar

Mantenha-se por dentro das tendências de tecnologia

 

Seja assinante

Visite nosso arquivo para acessar os volumes anteriores