Menu
Técnicas

Credenciais verificáveis

Oct 2020
Avalie?

As credenciais estão por toda parte em nossas vidas, incluindo passaportes, carteiras de habilitação e certificados acadêmicos. No entanto, a maioria das credenciais digitais hoje são registros de dados simples de sistemas de informação, fáceis de modificar e falsificar, e frequentemente expõem informações desnecessárias. Nos últimos anos, vimos o amadurecimento contínuo das credenciais verificáveis resolver esse problema. O padrão W3C define de uma forma criptograficamente segura, que respeita a privacidade e é verificável por máquina. O modelo coloca titulares de credenciais no centro, o que é semelhante à nossa experiência ao usar credenciais físicas: as pessoas usuárias podem colocar suas credenciais verificáveis em suas próprias carteiras digitais e mostrá-las a qualquer momento, sem necessidade de permissão da entidade emissora das credenciais. Essa abordagem descentralizada também permite que as pessoas usuárias gerenciem melhor suas próprias informações, podendo selecionar o que compartilhar e melhorando significativamente a proteção da privacidade dos dados. Por exemplo, usando tecnologia de prova de conhecimento zero, você pode criar uma credencial verificável para provar que é uma pessoa adulta sem revelar sua data de nascimento. A comunidade desenvolveu muitos casos de uso em torno das credenciais verificáveis. Nós implementamos nossa própria certificação para a COVID, tendo como referência a COVID-19 Credentials Initiative (CCI). Embora as credenciais verificáveis não dependam de tecnologia de blockchain ou de identidade descentralizada, essa técnica frequentemente funciona com identidade descentralizada na prática e usa blockchain como registro de dados verificáveis. Muitos frameworks de identidade descentralizada também incorporam credenciais verificáveis.