Master
Técnicas

Credenciais verificáveis

NOT ON THE CURRENT EDITION
This blip is not on the current edition of the Radar. If it was on one of the last few editions it is likely that it is still relevant. If the blip is older it might no longer be relevant and our assessment might be different today. Unfortunately, we simply don't have the bandwidth to continuously review blips from previous editions of the RadarUnderstand more
Published: Oct 28, 2020
Oct 2020
Avalie?

As credenciais estão por toda parte em nossas vidas, incluindo passaportes, carteiras de habilitação e certificados acadêmicos. No entanto, a maioria das credenciais digitais hoje são registros de dados simples de sistemas de informação, fáceis de modificar e falsificar, e frequentemente expõem informações desnecessárias. Nos últimos anos, vimos o amadurecimento contínuo das credenciais verificáveis resolver esse problema. O padrão W3C define de uma forma criptograficamente segura, que respeita a privacidade e é verificável por máquina. O modelo coloca titulares de credenciais no centro, o que é semelhante à nossa experiência ao usar credenciais físicas: as pessoas usuárias podem colocar suas credenciais verificáveis em suas próprias carteiras digitais e mostrá-las a qualquer momento, sem necessidade de permissão da entidade emissora das credenciais. Essa abordagem descentralizada também permite que as pessoas usuárias gerenciem melhor suas próprias informações, podendo selecionar o que compartilhar e melhorando significativamente a proteção da privacidade dos dados. Por exemplo, usando tecnologia de prova de conhecimento zero, você pode criar uma credencial verificável para provar que é uma pessoa adulta sem revelar sua data de nascimento. A comunidade desenvolveu muitos casos de uso em torno das credenciais verificáveis. Nós implementamos nossa própria certificação para a COVID, tendo como referência a COVID-19 Credentials Initiative (CCI). Embora as credenciais verificáveis não dependam de tecnologia de blockchain ou de identidade descentralizada, essa técnica frequentemente funciona com identidade descentralizada na prática e usa blockchain como registro de dados verificáveis. Muitos frameworks de identidade descentralizada também incorporam credenciais verificáveis.