Menu
Técnicas

Pareamento de registro para preservação de privacidade (PPRL) usando o filtro Bloom

NOT ON THE CURRENT EDITION
This blip is not on the current edition of the radar. If it was on one of the last few editions it is likely that it is still relevant. If the blip is older it might no longer be relevant and our assessment might be different today. Unfortunately, we simply don't have the bandwidth to continuously review blips from previous editions of the radarUnderstand more
Nov 2019
Avalie?

Parear registros de diferentes fornecedores de dados na presença de uma chave compartilhada é algo trivial. Contudo, nem sempre você vai ter uma chave compartilhada e, mesmo que tenha, pode não ser uma boa ideia expô-la por questões de privacidade. O pareamento de registros para preservação de privacidade usando o filtro Bloom (uma estrutura de dados probabilísticos com eficiência de espaço) é uma técnica estabelecida que permite pareamento probabilístico de registros a partir de diferentes provedores de dados sem expor dados pessoais privados identificáveis. Por exemplo, ao parear dados de dois provedores de dados, cada um vai encriptar seus dados pessoais identificáveis usando o filtro Bloom para obter chaves de registro criptográficas de cada provedor. Entre outras técnicas, achamos que o pareamento de registros para preservação da privacidade usando filtros Bloom é escalável para grandes conjuntos de dados.