Menu
Técnicas

Plataformas limitadas de baixo código

Oct 2020
Avalie?

Uma das decisões mais complexas que as empresas enfrentam no momento é a adoção de plataformas de baixo código ou sem código, ou seja, plataformas que resolvem problemas muito específicos em domínios muito limitados. Muitas fornecedoras estão ocupando agressivamente este espaço. Os problemas que vemos com essas plataformas normalmente estão relacionados à incapacidade de aplicar boas práticas de engenharia, como controle de versão. Testar também é normalmente muito difícil. No entanto, notamos algumas novas participantes interessantes no mercado — incluindo Amazon Honeycode, que facilita a criação de aplicações simples de gerenciamento de tarefas ou eventos, e Parabola, para fluxos de trabalho em nuvem do tipo IFTTT. Por esse motivo, estamos incluindo as plataformas limitadas de baixo código nesta edição. No entanto, continuamos com dúvidas sobre sua aplicabilidade mais ampla, uma vez que essas ferramentas, assim como algumas espécies de plantas, têm por característica avançar para além de seus limites e se emaranhar com outras. Por isso, ainda recomendamos cautela em sua adoção.