Enable javascript in your browser for better experience. Need to know to enable it? Go here.
radar blip
radar blip

Plataformas limitadas de low-code

Atualizado em : Apr 26, 2023
NÃO ENTROU NA EDIÇÃO ATUAL
Este blip não está na edição atual do Radar. Se esteve em uma das últimas edições, é provável que ainda seja relevante. Se o blip for mais antigo, pode não ser mais relevante e nossa avaliação pode ser diferente hoje. Infelizmente, não conseguimos revisar continuamente todos os blips de edições anteriores do Radar. Saiba mais
Apr 2023
Trial ? Vale a pena ir atrás. É importante entender como desenvolver essa capacidade. As empresas devem experimentar esta tecnologia em um projeto que possa lidar com o risco.

Sempre fomos defensoras de que se escreva menos código. Simplicidade é um dos valores fundamentais subjacentes aos nossos padrões sensatos para o desenvolvimento de software. Por exemplo, tentamos não antecipar necessidades, e só introduzimos código que satisfaça requisitos de negócios imediatos, e nada mais. Uma maneira de conseguir isso é criar plataformas de engenharia que tornem possível tal ação em âmbito organizacional. Este também é o objetivo declarado de muitas plataformas low-code, que crescem em popularidade no momento. Plataformas como Mendix ou Microsoft Power Apps podem expor processos de negócios comuns para reutilização e simplificar os problemas de implantação de novas funcionalidades e colocá-las nas mãos das usuárias. Essas plataformas deram grandes passos nos últimos anos com capacidade de teste e suporte para boas práticas de engenharia. Elas são particularmente úteis para tarefas simples ou aplicativos acionados por eventos. Contudo, exigir que se adaptem a uma gama quase infinita de requisitos de negócios é algo complexo. Ainda que as pessoas desenvolvedoras estejam escrevendo pouco código (ou nenhum código), também devem especializar-se em uma plataforma comercial abrangente. Aconselhamos que as empresas considerem se precisam de todas as funcionalidades que tais produtos oferecem ou se é melhor ir atrás de Plataformas low-code delimitadas, desenvolvendo sua própria plataforma como um produto interno ou restringindo cuidadosamente o uso de produtos comerciais low-code para aquelas tarefas simples nas quais eles se destacam.

Apr 2021
Assess ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

Uma das decisões mais complexas que as empresas enfrentam no momento é a adoção de plataformas de baixo código ou sem código, ou seja, plataformas que resolvem problemas muito específicos em domínios muito limitados. Muitas fornecedoras estão ocupando agressivamente este espaço. Os problemas que vemos com essas plataformas normalmente estão relacionados à incapacidade de aplicar boas práticas de engenharia, como controle de versão. Testar também é normalmente muito difícil. No entanto, notamos algumas novas participantes interessantes no mercado — incluindo Amazon Honeycode, que facilita a criação de aplicações simples de gerenciamento de tarefas ou eventos, e Parabola, para fluxos de trabalho em nuvem do tipo IFTTT. Por esse motivo, estamos incluindo novamente as plataformas limitadas de baixo código nesta edição. No entanto, continuamos com dúvidas sobre sua aplicabilidade mais ampla, uma vez que essas ferramentas, assim como algumas espécies de plantas, têm por característica avançar para além de seus limites e se emaranhar com outras. Por isso, ainda recomendamos cautela em sua adoção.

Oct 2020
Assess ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

Uma das decisões mais complexas que as empresas enfrentam no momento é a adoção de plataformas de baixo código ou sem código, ou seja, plataformas que resolvem problemas muito específicos em domínios muito limitados. Muitas fornecedoras estão ocupando agressivamente este espaço. Os problemas que vemos com essas plataformas normalmente estão relacionados à incapacidade de aplicar boas práticas de engenharia, como controle de versão. Testar também é normalmente muito difícil. No entanto, notamos algumas novas participantes interessantes no mercado — incluindo Amazon Honeycode, que facilita a criação de aplicações simples de gerenciamento de tarefas ou eventos, e Parabola, para fluxos de trabalho em nuvem do tipo IFTTT. Por esse motivo, estamos incluindo as plataformas limitadas de baixo código nesta edição. No entanto, continuamos com dúvidas sobre sua aplicabilidade mais ampla, uma vez que essas ferramentas, assim como algumas espécies de plantas, têm por característica avançar para além de seus limites e se emaranhar com outras. Por isso, ainda recomendamos cautela em sua adoção.

Publicado : Oct 28, 2020

Baixar o Technology Radar Volume 29

English | Español | Português | 中文

Mantenha-se por dentro das tendências de tecnologia

 

Seja assinante

Visite nosso arquivo para acessar os volumes anteriores