Menu

Pense em todas as vezes que você planejou ir a um restaurante, bar ou coisa parecida depois do trabalho com alguns colegas.

Eu vou usar a metáfora da cerveja depois do trabalho, já que é algo que me é bastante familiar...

O que muitas vezes acontece:

Colega sedento 1: "Vou mandar um email perguntando quem quer ir pro bar depois do trabalho"

Colegas 2 a 6 respondem dizendo que eles querem ir. Colega 7 diz: "Eu só preciso terminar algumas coisas, tem como esperar 5 minutos?".
Colega 8 diz "Eu vejo vocês lá, ainda devo ficar aqui por pelo menos meia hora" 

Cinco minutos se passam. Colega 7 pede desculpas e diz "Preciso só de mais alguns minutinhos".

Alguns outros colegas, que ainda não tem certeza se vão ou não, observam o grupo parado esperando ao redor da mesa do Colega 7. "Se vocês esperarem por mim eu vou também" diz o Colega 9.

Após essa espera, Colega 8 já está quase acabando seu trabalho. "Eu estou quase acabando, esperem por mim!".

Agora temos 7 pessoas com as mochilas nas costas; meia hora se passaram desde que os Colegas 1--6 estavam prontos para ir pro bar e o Colega 7 já terminou e se juntou a eles esperando ao redor da mesa do Colega 9,
já que 9 não estava tão "quase pronto" quanto ele pensou. Colega 8 arruma sua mochila e se junta ao grupo, agora todos esperando por 9.

9 termina seu trabalho alguns minutos. Todos estão para sair quando 5 diz "Acabei de lembrar que eu preciso mandar um email rapidinho, só um segundo". Todos esperam. Quase uma hora se passou. Colega 1 começa a se
arrepender de ter pensando em ir para um bar.

Quando 5 retorna, 4 resolve ir no banheiro.

Finalmente, uma hora e quinze minutos depois que eles primeiro decidiram sair, 9 pessoas esperam por um elevador. O primeiro que aparece não tem espaço para todos, então alguns tem que esperar mais alguns minutos enquanto um segundo elevador traz o resto do grupo.

Eles vão para o ponto de táxi (afinal todos são pessoas responsáveis que não misturam bebidas com direção). Eles percebem que já que são 9 pessoas, eles vão precisar de 3 táxis. Só tem um táxi no ponto. Já que
eles não querem se separar, todos esperam até terem 3 táxis disponíveis.

Eles chegam no bar favorito do pessoal e descobrem que o mesmo está fechado para reforma. São 21:30 e ninguém ainda conseguiu tomar sequer um gole. Todos os bares decentes na cidade já estão cheios e 3 tem que
ir em casa alimentar o gato. O resto está cansado e tentam sem muito entusiasmo escolher algum outro lugar perto, lentamente eliminando todos eles. No fim, todos vão pra casa tristes e com sede.

Essa história soa familiar? Você consegue enxergar as metáforas de entrega de software? Isso acontece na sua empresa? Se sim, você precisa conhecer a Entrega Contínua. Por que não praticar isso nas suas idas ao
bar antes de tentar usar esta técnica para a entrega de software?

Vamos ver como isso muda nossa história:

Colega com sede #1 diz: "Eu estou indo para o bar em exatamente 5 minutos, tem espaço no táxi se alguém quiser ir comigo".

Colegas #2, #3  e #4 todos pulam e, entusiasmados, se juntam a #1.

#5 e #6 também demonstram interesse, mas são um pouco mais lentos. "Desculpa caras, não tem espaço nesse táxi, mas vocês podem ir no próximo".

#7 diz o mesmo de antes "Eu só preciso terminar algumas coisas, tem como esperar 5 minutos?" e #8 continua a dizer "Eu vejo vocês lá, ainda devo ficar aqui por pelo menos meia hora".

Colegas #1, #2, #3 e #4 chegam ao seu bar favorito em menos de 15 minutos, mas o local está fechado para reforma. Sem se incomodar, eles vão ao lugar do outro lado da rua e conseguem uma mesa para 6 pessoas, pois sabem que mais 2 vão chegar em breve. Eles avisam aos outros colegas a mudança de planos e se sentam para aproveitarem uma deliciosa bebida gelada.

Enquanto isso, #5 e #6 discutem se eles esperam por #7 e decidem que vão, já que dividir o custo do táxi por 3 faz a espera valer a pena. #5 diz "Acabei de lembrar que preciso de mandar um email rapidinho, só um segundo". Ele termina seu email pouco antes de #7 arrumar suas coisas e todos estão prontos para ir.

#8 diz "esperem por mim, estou quase terminando". Os outros três hesitam, mas então #9 diz "eu estou quase pronto também, vocês três podem ir que eu divido o táxi com #8 quando nós 2 estivermos prontos".
Os três então satisfeitos vão para o bar. Eles chegam e sentam nos lugares que o primeiro grupo havia guardado para eles e dizem "#8 e #9 também estão vindo, vamos guardar um lugar para eles".
Convenientemente, os petiscos que o primeiro grupo pediu chegam na mesma hora e todos aproveitam suas bebidas e petiscos.

#8 e #9 chegam pouco depois, e todos aproveitam bem a noite.

Você consegue pensar em exemplos na sua empresa/projeto onde essa metáfora pode ser aplicada a entrega de software?

- Você tem código funcionando (os colegas com sede) que poderiam ser entregues em produção (o bar), mas estão esperando pelos outros colegas? (entregas mensais/trimestrais)?
- As mudanças que você coloca em produção (grupo de colegas) são tão grandes, que quando algo inesperado acontece (bar fechado) há a necessidade de sincronizar e entregar tudo novamente (tentando achar um
  bar que acomode um grupo grande no horário de pico)?
- Você perde janelas de oportunidade sincronizando todos os times de desenvolvimento para uma entrega? (Os bares fechando antes que seus colegas finalmente consigam se organizar para sair do escritório).

Como nossos sedentos colegas podem se tornar ainda mais eficientes em chegar ao bar com pouca ou nenhuma espera?

Algumas sugestões:

  • Achar um bar que não seja tão longe, para não perder tanto tempo chegando lá. 
  • Achar um bar onde se possa chegar andando, para que se possa ir sem nenhum custo adicional (considerando que o colega #1 não se importa de beber sozinho).
  • Ter um acordo que todo mundo com sede sempre vai pro mesmo bar a noite, sem precisar de organizar uma saída.

Que tal trabalhar diretamente no bar (fazer as mudanças diretamente em produção)? Bem, essa prática pode levar a riscos em volta da saúde e eficácia dos funcionários e da empresa, não sendo nada recomendável!