Enable javascript in your browser for better experience. Need to know to enable it? Go here.
publicado : Nov 30, 2017
NÃO ENTROU NA EDIÇÃO ATUAL
Este blip não está na edição atual do Radar. Se esteve em uma das últimas edições, é provável que ainda seja relevante. Se o blip for mais antigo, pode não ser mais relevante e nossa avaliação pode ser diferente hoje. Infelizmente, não conseguimos revisar continuamente todos os blips de edições anteriores do Radar. Saiba mais
Nov 2017
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

A perennial problem for JavaScript-heavy web applications is how to make the dynamic portion of those pages available to search engines. Historically, developers have resorted to a variety of tricks, including server-side rendering with React, external services or prerendering content. Now Google Chrome's new headless mode adds a new ‘trick’ to the toolbox — Rendertron, a headless Chrome rendering solution. Rendertron wraps an instance of headless Chrome in a Docker container, ready to deploy as a standalone HTTP server. Bots that don't render JavaScript can be routed to this server to do the rendering for them. Although developers can always deploy their own headless Chrome proxy and associated routing machinery, Rendertron simplifies the configuration and deployment process, and provides example middleware code for detecting and routing bots.

Radar

Baixar o Technology Radar Volume 25

English | Español | Português | 中文

Radar

Mantenha-se por dentro das tendências de tecnologia

 

Seja assinante

Visite nosso arquivo para acessar os volumes anteriores