Enable javascript in your browser for better experience. Need to know to enable it? Go here.
Publicado : Oct 27, 2021
NÃO ENTROU NA EDIÇÃO ATUAL
Este blip não está na edição atual do Radar. Se esteve em uma das últimas edições, é provável que ainda seja relevante. Se o blip for mais antigo, pode não ser mais relevante e nossa avaliação pode ser diferente hoje. Infelizmente, não conseguimos revisar continuamente todos os blips de edições anteriores do Radar. Saiba mais
Oct 2021
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

Um dos principais princípios da infraestrutura como código (IaC) é o teste automatizado. Se tivermos uma pirâmide de teste sólida com boa cobertura de nível de código na parte inferior, podemos produzir uma infraestrutura melhor e mais segura. Infelizmente, as ferramentas para auxiliar neste espaço têm sido esparsas. Conftest é frequentemente usado para testar código Terraform JSON e HCL, mas é uma ferramenta de uso geral. Regula é uma alternativa atraente. Semelhante ao Conftest, Regula verifica a conformidade do código da infraestrutura aplicando regras escritas na linguagem Rego do Open Policy Agent, mas também fornece um conjunto de primitivas especificamente para validar as configurações da infraestrutura. Como ambas as ferramentas são baseadas na linguagem Rego, as regras do Regula podem ser executadas pelo Conftest. No entanto, Regula vem com sua própria ferramenta de linha de comando para executar testes como parte de um pipeline, sem dependência de Conftest ou OPA. Nossos times de desenvolvimento descobriram que Regula economiza tempo e produz um código de teste muito mais legível, sustentável e sucinto. Ainda assim, ambas as ferramentas validam apenas o código de infraestrutura. Um conjunto completo também deve testar a infraestrutura para garantir que o código está sendo interpretado com precisão.

Radar

Baixar o Technology Radar Volume 26

English | Español | Português | 中文

Radar

Mantenha-se por dentro das tendências de tecnologia

 

Seja assinante

Visite nosso arquivo para acessar os volumes anteriores