Enable javascript in your browser for better experience. Need to know to enable it? Go here.
Atualizado em : Nov 20, 2019
Not on the current edition
This blip is not on the current edition of the Radar. If it was on one of the last few editions it is likely that it is still relevant. If the blip is older it might no longer be relevant and our assessment might be different today. Unfortunately, we simply don't have the bandwidth to continuously review blips from previous editions of the Radar Understand more
Nov 2019
Experimente ? Vale a pena ir atrás. É importante entender como desenvolver essa capacidade. As empresas devem experimentar esta tecnologia em um projeto que possa lidar com o risco.

Detekt é uma ferramenta de análise de código estático para Kotlin. Ela fornece uma análise do mau cheiro do código e relatórios de complexidade baseados em conjuntos de regras altamente configuráveis. Pode ser executada a partir da linha de comando e usando plugins, via Gradle, SonarQube e IntelliJ. Nossos times encontraram grande valor ao usar Detekt para manter a qualidade de código alta. Quando a análise e a geração de relatórios são integradas em uma pipeline de compilação, é obviamente importante que os relatórios sejam verificados regularmente e os times tirem um tempo para agir em seus achados.

Apr 2019
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

Detekt é uma ferramenta de análise estática de código para Kotlin, que encontra cheiros e complexidade no código. Você pode executá-la a partir da linha de comando ou usar seus plug-ins para integração com ferramentas populares de desenvolvimento, como Gradle (para fazer análise do código em compilações) ou SonarQube (para fazer cobertura de código, além da análise estática de código) e IntelliJ. Detekt é uma ótima adição para pipelines de compilação de aplicações Kotlin.

publicado : Apr 24, 2019
Radar

Baixar o Technology Radar Volume 25

English | Español | Português | 中文

Radar

Mantenha-se por dentro das tendências de tecnologia

 

Seja assinante

Visite nosso arquivo para acessar os volumes anteriores