Enable javascript in your browser for better experience. Need to know to enable it? Go here.
As informações desta página não estão completamente disponíveis no seu idioma de escolha. Esperamos disponibiliza-las integralmente em outros idiomas em breve. Para ter acesso às informações no idioma de sua preferência, faça o download do PDF aquí.
Atualizado em : Nov 20, 2019
NÃO ENTROU NA EDIÇÃO ATUAL
Este blip não está na edição atual do Radar. Se esteve em uma das últimas edições, é provável que ainda seja relevante. Se o blip for mais antigo, pode não ser mais relevante e nossa avaliação pode ser diferente hoje. Infelizmente, não conseguimos revisar continuamente todos os blips de edições anteriores do Radar. Saiba mais
Nov 2019
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

Temos visto muitas implementações bem-sucedidas com GraphQL em nossos projetos. Temos vistos também alguns padrões de uso interessantes, incluindo GraphQL para agregação de recursos do lado do servidor. Dito isso, nos preocupamos com o uso equivocado desse framework e alguns dos problemas que podem ocorrer. Exemplos incluem problemas de performance com consultas N+1 e um excesso de código necessário quando adicionamos novos modelos, levando à complexidade. Há maneiras de se contornar esses problemas, como por exemplo o uso de cache de consulta. Mesmo que GraphQL não seja uma solução mágica, ainda achamos que é válido avaliar como parte de sua arquitetura.

Nov 2016
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.

When we look at REST implementations in the wild, we frequently see REST misused to naively retrieve object graphs through chatty interactions between client and server. Facebook's GraphQL is an interesting alternative to REST that might be a better approach for this very common use case. As a protocol for remotely retrieving object graphs, GraphQL has received enormous attention recently. One of GraphQL's most interesting features is its consumer-oriented nature: The structure of a response is driven entirely by the client, not the server. This decouples the consumer and forces the server to obey Postel's law. Client implementations are now available in many programming languages, but we have seen a flurry of interest of Facebook's Relay, a JavaScript framework that was designed to support the React.js stateless component model.

Apr 2016
Avalie ? Vale a pena explorar com o objetivo de compreender como isso afetará sua empresa.
Publicado : Apr 05, 2016
Radar

Baixar o Technology Radar Volume 26

English | Español | Português | 中文

Radar

Mantenha-se por dentro das tendências de tecnologia

 

Seja assinante

Visite nosso arquivo para acessar os volumes anteriores