Menu

O que queremos dizer com "solidariedade acima de caridade"?


'Solidariedade acima de caridade' é uma filosofia de engajamento e também uma prática que sustenta o pensamento por trás do terceiro pilar da ThoughtWorks. É fundamental para nossa cultura e é uma lente pela qual vemos o mundo.

A caridade é algo que você dá às pessoas "menos privilegiadas que você". Sugere uma crença em um sistema hierárquico, um 'nós' e um 'elas'. Cria uma dinâmica de poder que reforça ainda mais os sistemas de opressão e desigualdade econômica.

A solidariedade, ao contrário, adota uma abordagem de mudança de sistemas. Sua filosofia fundamental é que todos os relacionamentos e dinâmicas de poder são multidirecionais e reconhece que todas as pessoas têm sabedoria e recursos para resolver problemas.

O escritor Tim Wise fornece um esquema útil para entender as diferenças entre solidariedade e caridade:
  1. Quem cria o problema? O trabalho de caridade é frequentemente baseado na premissa de que as pessoas marginalizadas têm algum tipo de déficit. Quem que trabalha com solidariedade, por outro lado, entende que as condições de desigualdade são criadas pela cultura dominante.
  2. Quem detém o conhecimento? O trabalho de caridade parte da premissa de que a pessoa doadora tem o conhecimento necessário para decidir o que a comunidade precisa e como fornecê-lo. O trabalho solidário, no entanto, pressupõe que a comunidade beneficiária é mais qualificada para determinar suas próprias necessidades, e tem o direito de determinar como, quando e por quem um serviço será fornecido.
  3. De quem é a responsabilidade? O trabalho de caridade mantém a prestação de contas internamente, de modo que as organizações que prestam serviços respondam, em última instância, apenas para elas mesmas e para quem as financia. Já o trabalho de solidariedade torna a responsabilidade externa, para que as populações atendidas decidam se o trabalho é ou não benéfico.[1]

Na ThoughtWorks, nos esforçamos para exercer nossa cidadania de forma global e engajada, defendendo a equidade e a justiça não apenas como ThoughtWorkers, mas em todos os aspectos de nossas vidas.



Discutimos as jornadas pessoais na ThoughtWorks reconhecendo que todas as pessoas têm origens diferentes e experiências de vida que moldam nossa visão de mundo. Parte de ser uma pessoa ThoughtWorker é se comprometer com o aprendizado, ter abertura a novas idéias, desafiar suposições e se engajar em debates sobre questões complexas. Significa pensar em formas de contribuir individual e coletivamente para os movimentos sociais locais e globais que trabalham para mudar sistemas injustos. E não apenas durante o horário comercial.

Uma estrutura de 'solidariedade acima de caridade' também significa que reconhecemos nosso privilégio econômico e social - e usamos esse privilégio para nos solidarizarmos com quem precisa de acesso a sistemas e benefícios que temos.

Como exemplo, acreditamos em nivelar o campo de jogo para aquelas pessoas que foram excluídas de oportunidades no setor de tecnologia. Fazemos isso não por caridade com pessoas menos privilegiadas, mas porque acreditamos fundamentalmente no poder de diversificar as vozes para tornar a ThoughtWorks uma empresa melhor e para fornecer soluções de alto impacto para nossas clientes. Investimos em iniciativas que atraem tecnologistas de perfis diversos para a ThoughtWorks porque acreditamos que assim somos melhores, bem como o setor de tecnologia como um todo.

Nossas parcerias com movimentos sociais nos ajudaram a evoluir nossa mentalidade de solidariedade acima de caridade, e embasaram nossa decisão de criar o Escritório de Iniciativas de Mudança Social (Office of Social Change Initiatives - OSCI) há alguns anos. Essas relações continuam a apoiar nossas estratégias de P3, nossa cultura e, em alguns casos, nosso trabalho de serviços profissionais.

O que aprendemos é que uma abordagem de solidariedade exige que façamos parcerias com movimentos em abordagens sistêmicas. De forma similar ao que acontece com nossos clientes de serviços profissionais, precisamos dedicar tempo para avaliar suas necessidades, entender stakeholders e aprender sobre seus complexos desafios e oportunidades. Ao abordar questões de justiça social e econômica, muitas vezes vemos soluções unidimensionais que não abordam os problemas sistêmicos mais amplos que causam esses problemas.

Cada vez mais estamos desenvolvendo abordagens sistêmicas com nossas parcerias globais para construir ecossistemas de tecnologistas. Organizações provedoras de serviços, formuladoras de políticas e ativistas trabalhando em conjunto para criar mudanças. Queremos alavancar a tecnologia como uma ferramenta para essa mudança, aliando novas técnicas de design e mapeamento para dar visibilidade às dinâmicas tecnológicas que reforçam os sistemas de opressão e injustiça.

Bahmni é um exemplo recente de uma abordagem de sistemas que a ThoughtWorks buscou para provocar um impacto maior. A ideia surgiu a partir do reconhecimento da necessidade de um conjunto de ferramentas comuns em hospitais com poucos recursos, em países como o Haiti e a Índia. Em uma iniciativa que fez parte do nosso trabalho global de voluntariado com a OpenMRS, a ThoughtWorks embarcou em um compromisso de vários anos para desenvolver e dimensionar o Bahmni, um sistema de informação de código aberto para hospitais.

Além de criar um roadmap de produto baseados nas necessidades levantadas por um grupo de organizações parceiras, planejamos a criação de um ecossistema de apoio em torno do Bahmni, que incluiu a busca de parcerias para implementação, financiamento e outras organizações dispostas a contribuir para melhorias no produto, seja como colaboradoras voluntárias ou como usuárias.

A organização Médicos sem Fronteiras tem sido uma dos parceiras mais importantes no desenvolvimento de Bahmni, usando-o em vários hospitais ao redor do mundo. E depois de construir um sólido ecossistema e uma forte base de apoio em torno do Bahmni, pedimos a nossas parceiras mais envolvidas que respondessem às necessidades de stakeholders globais e levassem o projeto adiante.

O tamanho e a diversidade geográfica da ThoughtWorks nos dão oportunidades de causar um impacto considerável em vários domínios. Nossa estrutura de solidariedade acima de caridade garante que nosso impacto seja sistêmico, abrangente e sustentável.

Quer saber mais? Entre em contato!