menu

O surgimento de assistentes como Alexa, Siri e Cortana tem motivado empresas a entender como podem incorporar interfaces conversacionais para melhor atender seus clientes. Esta tendência foi um dos destaques na última edição do Technology Radar, publicado pela consultoria global de tecnologia ThoughtWorks. O relatório semestral fornece uma avaliação das tendências emergentes que estão moldando o futuro do desenvolvimento de software e da estratégia de negócios.

Desenvolvido pelo Conselho Consultivo de Tecnologia da ThoughtWorks e destinado a stakeholders de tecnologia, de pessoas desenvolvedoras a CTOs, a 16ª edição do Technology Radar tem como base as observações, conversas e experiências práticas da ThoughtWorks na resolução dos mais difíceis desafios de negócios de seus clientes. A ThoughtWorks tem 4.000 pessoas espalhadas por 40 escritórios em 14 países, e trabalha com empresas da lista Fortune 500 de várias indústrias, incluindo varejo, serviços financeiros, transporte e tecnologia.

"Hoje, líderes de tecnologia estão explorando a forma como as interfaces conversacionais e o processamento de linguagem natural vão impactar a estratégia de negócios. Na ThoughtWorks, vemos o futuro trazer uma maior variedade de interações que vão integrar gestos, expressões faciais e toque, apagando a linha que divide experiências físicas e digitais. Automatizar tarefas simples permite que as pessoas tecnólogas se concentrem em novos cenários, interações complexas e suas consequências ", afirmou Rebecca Parsons, diretora de tecnologia da ThoughtWorks.

"A evolução das Interações significa que as empresas têm novas formas de interagir com os seus clientes e agregar valor por meio da "inteligência como serviço ', e essa é a chave para entender o que é commodity e o que é verdadeiramente um diferenciador para o seu negócio ", afirmou Mike Mason, líder global de tecnologia da ThoughtWorks. "Para capitalizar sobre essas mudanças, as organizações de TI precisam se diferenciar removendo os obstáculos de seu caminho e capacitando as pessoas desenvolvedores para fazer exatamente o que querem fazer: entregar software para mudar o jogo."

Os temas em destaque nessa edição do Technology Radar incluem :

Interfaces Conversacionais e Processamento de Linguagem Natural

  • Interfaces conversacionais agora abrangem uma variedade de projetos, tais como chatbots inteligentes que entendem intenção por meio de processamento de linguagem natural. Atualmente, 32% das pessoas executivas afirma que o reconhecimento de voz é a tecnologia de Inteligência Artificial mais amplamente utilizada em seus negócios*. No entanto, vemos Interação Multimodal como o futuro das interfaces conversacionais, com uma oferta integrada de interações, como gesto, expressão facial e toque.
  • Saiba mais em thght.works/ConUI.

Inteligência como serviço

  • Um grupo de plataformas tem se destacado no cenário de tecnologia recentemente, abrangendo uma grande variedade de utilidades surpreendentemente poderosas de processamento de voz, compreensão da linguagem natural, reconhecimento de imagem e aprendizagem profunda. As organizações já estão investigando quais novos horizontes podem ser alcançados com a combinação de commodities de cognição com inteligência em seus próprios negócios.
  • Saiba mais em thgth.works/IntSer.

Experiência de desenvolvimento como novo diferenciador

  • O design de experiência do usuário tem sido um diferencial importante para empresas de produtos tecnológicos por muitos anos. O surgimento de novas ferramentas, combinado com a batalha por talento de engenharia, tem motivado um foco semelhante na experiência da pessoa desenvolvedora. Cada vez mais, as empresas avaliam ofertas de nuvem com base na quantidade de atrito engenharia que elas reduzem, tratam APIs como produtos e montam equipes focadas na produtividade da engenharia.
  • Saiba mais em thgth.works/DevExp.

Ascensão das Plataformas

  • As plataformas de hoje usam APIs self-service, com ferramentas em amadurecimento como Docker, Kubernetes e DCOS e são configuradas e provisionadas para equipe. Uma série de empresas notáveis do Vale do Silício ilustrou recentemente como construir a plataforma correta pode trazer benefícios significativos, como a Amazon, com suas plataformas de infraestrutura da AWS.
  • Saiba mais em thgth.works/RiseOTP.

Pervasive Python

  • Historicamente, a adoção empresarial de Python como uma linguagem de primeira classe na produção tem sido rara. No entanto, as recentes tendências da indústria ao redor da comoditização e de aplicações de Inteligência Artificial, a maturidade do Python 3 e abordagens de arquitetura, como microsserviços e contêineres têm impulsionado Python no ecossistema de programação.
  • Vemos Python conectando e unificando o mundo dividido de cientistas e engenheiros (de dados) nas organizações, sendo usado como a linguagem comum tanto para modelagem e pesquisa, quanto para a implantação final em produção.
  • Saiba mais em thgth.works/PerPyt.

Nos últimos quatro meses, mais de 700 empresas utilizaram a ferramenta Construa Seu Próprio Radar da ThoughtWorks para mapear seu próprio cenário da tecnologia e garantir que suas estratégias de negócios e tecnologia estejam alinhadas com as tendências emergentes e os mais recentes desenvolvimentos da indústria.

Visite Thoughtworks.com/radar para acessar a versão interativa, baixar o PDF e assistir vídeos que discutem os temas com mais detalhes.

A ThoughtWorks também fornece aos usuários acesso uma ferramenta de visualização de código aberto, que permite mapear seus portfólios de tecnologia e avaliar objetivamente o que está funcionando e o que não está.

Sobre a ThoughtWorks

Somos uma empresa de software e comunidade de pessoas apaixonadas e guiadas por princípios. Pensamos de forma disruptiva para oferecer tecnologia para enfrentar os desafios mais difíceis de nossos clientes, ao mesmo tempo em que buscamos revolucionar a indústria de TI e provocar uma mudança social positiva.

View all ThoughtWorks news

More news